Tempo para brincar

Quantas vezes dizemos que, num dia normal, não temos tempo para brincar com os nossos filhos? Ou que estamos muito cansados para o fazer? É recorrente: temos um dia que começa cedo, arranjando os miúdos para a escola / infantário, para depois irmos a correr para o trabalho, ficarmos lá 9h horas ou mais, ir a correr buscá-los e depois siga para o banho, jantar e cama.

Tudo isto faz com que acumulemos stress e com que acabemos por nos cirgirmos aos nossos horários atarefados, deixando a brincadeira e a interação para último lugar. Mesmo as próprias crianças, a partir de certa idade, passam a fazer o mesmo: chegam à escola e têm um horário já definido, com pequenos intervalos que mal dão para comer, quanto mais brincar. É toda uma agenda estruturada que lhes enche o dia. Depois chegam a casa e vão fazer os trabalhos de casa e estudar, e siga para o banho, jantar e cama. Ufa. Realmente cansa só de enumerar.

Pode ser melhor do que estar a jogar Playstation ou a ver TV, mas não deixa de ser tempo que não é dedicado à brincadeira. Brincar alarga horizontes, para além de ser um escape de atividades mais rotineiras e sérias.

play-fun-blocks-block-591652

Brincar é saudável

Sim, brincar é mesmo uma questão de saúde: sabiam que a Academia Americana de Pediatria recomenda oficialmente que os médicos prescrevam tempo de brincadeira? Parece triste só de dizer isto, porque chegou a altura, caros amigos, em que os nossos filhos não brincam e, sim, somos nós quem lhes está a cortar as asas.

Eu sei, todos trabalhamos imenso e não temos onde os deixar e o caraças. Mas e se, na loucura, em vez de lhes darmos banho todos os dias porque é o que nosso calendário manda, de vez em quando pegássemos nessa meia hora e fôssemos brincar com eles? E se no fim-de-semana formos brincar com eles para o parque ou fazer mega bodeguice a pintar? Não é complicado, vos garanto, e é dos melhores momentos que vão ter na vossa semana (e eles na deles!).

Para isso temos que assumir que queremos e que vamos ter tempo dedicado à brincadeira com os nossos pimpolhos.

happy kid play superhero , boy power concept

Se ainda não se acreditam que isto vai trazer-vos qualidade de vida, leiam este estudo realizado pela Lego Foundation, que conclui isso mesmo: brincar com os filhos traz felicidade. (Não deve ser a mesma felicidade de ganhar o primeiro prémio do Euromilhões, mas é a melhor que arranjamos sem apostas nem raspadinhas – é garantida!)

Este estudo contou com quase 10.000 pais de crianças de 18 meses a 12 anos, residentes em 9 países (Estados Unidos, México, Reino Unido, França, Alemanha, Dinamarca, Rússia, China e Arábia Saudita).

A maioria dos pais indica que não brinca com os filhos porque não têm tempo durante o dia (36%), têm demasiado trabalho ou um horário de trabalho extenso (33%) ou têm muitas tarefas domésticas para fazer (31%). Há ainda quem indique que os filhos preferem algo tecnológico e passam demasiado tempo agarrados às tecnologias (21%), assim como assumem que eles próprios passam demasiado tempo online e que isso lhes tira tempo de brincadeira com os filhos (19%).

A verdade é que, globalmente, ficou claro que 88% dos pais que conseguiam brincar com os filhos mais de 5 horas por semana eram felizes e que, dos restantes, 75% dos que brincam menos de 5 horas sentem-se mais felizes do que os que não brincam de todo.

art-materials-art-supplies-blocks-1148496

Ora bem, vamos tomar do princípio que sabemos que brincar fortalece a ligação enter pais e filhos e que até melhora a comunicação entre ambos os lados e vamos pensar numa coisa simples. Para quem tem crianças mais crescidas em casa: quantas vezes vos passou pela cabeça que não fazem ideia de qual é a personagem favorita ou a banda preferida do vosso filho? Podem admitir, não há vergonhas. Acham que ter um momento de brincadeira, algo lúdico, ajudaria a conhecer melhor as vossas crias? Não tenho dúvidas que ajuda!

É uma coisa tão simples como uns minutos por dia ou que seja 2 ou 3 vezes por semana, pelo menos. Levantem lá o rabo do sofá; isto é capaz de ser melhor (ou tão bom como, vá) do que a sensação de aguentarmos uma aula de RPM puxada “pra xuxu”.

Incluam na vossa rotina: aproveitem, por exemplo, enquanto estão a fazer o jantar. Dou-vos um exemplo: eu costumo comprar batatas pequenas para assar. Se isto é relevante para vocês? Talvez. Para a minha filha é de certeza. Uma das coisas que fazemos é tirar as batatinhas do saco e ir encaixá-las nos buraquinhos do banco da cozinha. No fim, fica uma espécie de Stonehenge das batatas para assar e passaram-se uns bons minutos. Naturalmente irá surgir outra ação depois desta. E sim, conta como brincar.

NEWSFLASH: Temos mais tempo para brincar com os nossos filhos do que achamos.

Com pouco se faz uma brincadeira gira. E é algo que surge naturalmente, se tivermos essa porta aberta. E ajuda a desenvolver todo o tipo de capacidades sem darmos conta 🙂

Numa era em que temos aplicações para tudo no nosso telemóvel, muitas delas com recurso a gamification para fazermos tarefas, é essencial olharmos para esta pureza e naturalidade e brincarmos com os nossos filhos. 🙂

Imagens: Pexels.com

4 thoughts on “Tempo para brincar

  1. Lá em casa já passamos por essa rotina. Acordar cedo, levar a MJ para a escola, trabalahr, chegar a casa à hora de jantar, e quando damos conta, é hora da MJ ir dormir. Por norma,vamos alternando quem faz o jantar, e quem lava a louça, e quem esta livre está a brincar. Porque só assim podemos ter tempo de qualidade com a nossa filha. Depois dela estar na cama a descansar, podemos fazer as restantes tarefas, trabalho etc. A diferença é que os minutos de brincadeira dão energia para externar a jornada de tarefas doméstica ou trabalho até mais tarde.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s