Tratem de vocês, como tratam dos vossos filhos

Sou mãe de duas meninas, de 3 anos e de 5 anos.

Eu adoro ser mãe, mas nem sempre é fácil. Encontrar tempo para fazer tudo o que queremos é difícil, e pode ser muito esgotante conjugar a nossa falta de energia com os momentos em que os nossos filhos não ouvem ou obedecem.

Para mim, uma das coisas mais importantes nesta vida de pai/mãe é garantir que as minhas filhas estão saudáveis e seguras. Também quero que elas tenham um bom relacionamento connosco (os pais), para que possam crescer felizes, bem orientadas e confiantes na relação connosco durante a vida.

Mas não é fácil! Há tantos desafios na criação dos filhos, especialmente numa vida em que estamos ocupados a trabalhar fora de casa e a tratar de outras responsabilidades, como limpar ou cozinhar refeições todos os dias depois do trabalho (que é o que eu faço – e aposto que vocês também). Somos uma máquina de tarefas e de memória construída comparável a computadores bem avançados.

A boa notícia é que há muitas coisas que aprendi ao longo dos últimos anos, como mãe, que me ajudaram a entender a melhor forma de cuidar das necessidades dos meus filhos e, ao mesmo tempo, atender às minhas próprias expectativas para eles.

Não são soluções perfeitas, mas são algumas guias que me incentivam e ajudam a guiar no dia-a-dia, e por isso deixo-as como sugestões que vos podem também ajudar. 🙂

Acima de qualquer outra coisa: certifiquem-se de que seus filhos sabem que vocês os amam. ❤️ Eles precisam de se sentir seguros na vossa afeição e isto vem do contacto direto convosco; se não o fizerem, isso pode deixá-los ansiosos ou tristes.

Cuidem-se: é importante que tenham tempo para descansar e relaxar depois do trabalho, para que não fiquem sempre cansados ou nervosos. Eu bem sei que é mais fácil falar do que fazer, mas noto a diferença quando aplico isto, nem que seja por uns minutos. Precisamos de dormir o suficiente e comer refeições saudáveis (com direito àqueles pecados de vez em quando). Precisamos de um escape dentro das nossas casas – um dos meus é pôr música à dar na cozinha enquanto faço o jantar e as miúdas brincam uma com a outra, depois do dia de escola e trabalho. Os miúdos percebem se estamos cansados, nervosos ou irritados o tempo todo (como eu às vezes estou) – e isso passa para eles.

Estabeleçam alguns horários e rotinas para os vossos filhos: é importante sermos consistente com as horas de dormir, as sestas (se fizerem) e os horários das refeições para que os vossos filhos saibam o que se espera deles. Por um lado, é uma forma deles saberem o que se espera deles todos os dias, o que pode ajudar a evitar birras; por outro lado, também nos ajuda a sermos coerentes com os nossos tempos de descanso. Isto não quer dizer que tenham que cronometrar o dia 😉

Não vous estou a trazer nada de novo, mas às vezes precisamos que nos recordem das coisas mais simples e óbvias 🧘‍♀️🧖‍♀️

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s