Ok, vamos ser pais… e agora?

Boa pergunta 🙂

Várias vezes nos duvidamos da capacidade de o sermos – e ainda nos pensamos áquem frequentemente. Mas vamos conseguindo, fazemos o que podemos melhor.

É a primeira vez. É aquela que nos vem ensinar tudo e nós, como miúdos a aprender o alfabeto, queremos (sentimos até a necessidade de) absorver tudo. Mas não podemos exagerar nisso, senão damos em doidos.

Se durante a vida, muitos nos dão opiniões e bitaites, durante a gravidez e quando temos bebés, isso multiplica-se a expoentes elevadíssimos. Pela nossa sanidade, temos que aprender a dizer que não ou, no mínimo, deixar que muita coisa entre por um ouvido e saia pelo outro. Não é por mal que todos nos dão conselhos (ahem, bitaites!), mas percebam que se nos estão a dar o vosso conselho, nós somos livres de não o quer ouvir ou, de forma menos dramática, de o ouvirmos mas não o aplicarmos.

Todos passamos por coisas diferentes a cada dia das nossas vidas, por isso não há verdades universais. Há que saber filtrar muito bem a informação e, sobre tudo, eliminar o ruído. Não estamos aqui a falar de situações desesperantes em que tentamos de tudo, estamos a falar das coisas mais simples da vida.

Relaxem, e dêem o vosso melhor. Sejam emotivos, mas também racionais, e questionem sempre que necessário. Vou aproveitar este espaço para ir partilhando coisas que funcionaram no nosso caso – delas, aproveitem as que quiserem, eu não levo a mal se não quiserem aproveitar nenhuma. 🙂

 

~a

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s