Um dia ia ser O dia: a birra!

A nossa Pipoca mais velha é um ser doce e sensível. O que lhe podemos chamar de birra vem, normalmente, em forma de amuo, algo mais silencioso, ou de tristeza manifestada com muito carinho à mistura.

Eu já estranhava os anos passarem e eu não ver a real birra, mas chegou ontem, ao fim do dia, na forma de gritos agudos porque “eu quero um casaco e não uma camisola”.

Resumindo a situação, eu fui buscar as miúdas ao fim do dia com a minha mãe e, chegadas a casa, a minha mãe levou-a para o pátio para regarem as plantas e para ela andar no baloiço um bocadinho. Eu fiquei com a mais nova e pus-me a tratar de vida: mudar-lhe a roupa toda transpirada, dar uma bolachinha e fazer o jantar.

No meio disto, já estava eu a fazer o jantar, quando a minha mãe me vem pedir um casaco: peguei na primeira coisa que veio à mão – uma camisola que ela tinha vestido dias antes (e que adora, caso possam pensar que era algo que ela não vestisse), e voltei para dentro.

A minha mãe diz que mal lhe tentou vestir a camisola, ela começou com o “isto é uma camisola; eu quero um casaco”. Disto à berraria foram 5 segundos, diz a minha mãe, mas eu, dentro de casa e com exaustor ligado, não ouvia nada (até porque estava entre a cozinha e o quarto, com a irmã).

A minha mãe pegou nela e trouxe-a para casa, pela garagem (para arrumar as coisas) e eu só me dei conta da berraria quando ela vinha nas escadas. Imaginem berrar em altos guinchos como se alguém a tivesse atropelado. Eram aqueles berros forçados que nos furam os tímpanos e nos fazem perder o rumo facilmente.

Depois disto não foi bonito, mas veio-me a ira completa e ainda me contive. Duas bofetadas no rabo e castigo. Só saiu quarto (mas não do castigo, que esse continua) meia hora depois, quando se calou completamente e começou a ter noção do estrago que estava a fazer.

Até ao dia de ontem, podia dizer seguramente que a miúda nunca me tinha feito passar vergonhas, nunca me tinha feito uma birra dessas de ficar tudo a olhar – hoje já não posso dizer o mesmo. Digo-vos que se tivesse sido num supermercado nem sei bem como reagiria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s