Sugestões de prendas para crianças de 4 anos

Com o 4º aniversário da minha filha mais velha a aproximar-se (ainda falta um par de meses, em todo o caso :P), senti que era boa altura para partilhar convosco um auxiliar caso queiram oferecer algo interessante a uma criança desta idade.

Nesta idade, a crianças têm já a personalidade em boa definição: percebemos se são mais ativos, mais extrovertivos ou introvertidos, se gostam de ler, se gostam mais de estar ao ar livre ou dentro de casa,… podem até já ter atividades extra-curriculares, como desporto, teatro, etc.

Assim, aqui vou tentar dar-vos sugestões de presentes para esta idade, com variedade e para várias carteiras 😉 Vou também ter em consideração a durabilidade destas sugestões – não só para a própria criança, como para poderem pensar em guardar para um segundo filho ou para reutilizarem.

Uma coisa é certa: dificilmente alguma destas ideias será completamente específica dos 4 anos de idade, porque os gostos são voláteis, assim como o desenvolvimento das capacidades das crianças que os receberão. 🙂

Vamos então a isto!

Animais de brincar

Há várias marcas – umas mais realistas, que trabalham super bem a escala e os detalhes – outras menos trabalhadas, mas o que importa mesmo é perceber se conseguimos ser temáticos ou ter variedade. Podem optar por um “balde” que tenha animais da selva, ou só animais aquáticos, ou dinossauros ou aves,… ou podem ir vocês comprar algumas destas figuras. Para além das lojas asiáticas, dos hipermercados e lojas de brinquedos, podem também encontrar figuras destas na Note! ou na Flying Teapot, por exemplo.

Procurem também pelo ciclo da vida dos animais: da abelha, da rã, etc. Há alguns, e podem ser muito interessantes, porque trabalham o conceito de desenvolvimento da vida em fases.

Este Okapi da Schleich é um dos muitos animais em miniatura que podem encontrar na Note.

Jogos de letras e números

Por esta idade, é normal que as crianças comecem a absorver o conhecimento de que há uma representação alfanumérica para as coisas, que se faz recorrendo a letras e números. Dependendo da evolução da criança, podem dar prendas relacionadas com este tema. Podem ser puzzles de combinar a letra com o desenho (no fundo, puzzles de pares, em que juntam o “A” com a “Árvore”, e por aí fora), jogos de adicionar / subtrair, jogos de encaixe das letras e números e até, em casos de quererem o treino da grafia, placas grafomotoras (há de minúsculas, maiúsculas, números, formas, etc).

Exemplo de uma placa grafomotora. Eu encomendei semelhante na Flying Teapot, mas há em outros sites. Há com bastante variedade. :)
Exemplo de uma placa grafomotora. Eu encomendei semelhante na Flying Teapot, mas há em outros sites. Há com bastante variedade. 🙂

No caso dos números, existem umas placas onde podem encaixar os números nos sítios respetivos e colocar argolas ou bolinhas nos separadores junto a cada número. Há também as barras de contagem – estas, sim, são algo que durará muitos anos -, que têm a representação proporcional de cada número: o 1 é o cubo e a medida base, que se repete para formar barras maiores (normalmente até ser uma barra 10 vezes maior ao cubo, que representa o número 10). Quando a criança aprender, mais tarde, a proporcionalidade, divisão e multiplicação também pode recorrer a estas barras. 🙂

Exemplo de jogo para encaixe dos números e contagem de peças.

Construções

Acho que não há artigo que escreva sobre isto em que não sugira os blocos de montar (sendo os Lego os mais conhecidos), porque são um brinquedo fascinante para qualquer idade! Além de puxarem imenso pela criatividade, são muito evolutivos e facilmente conseguimos ter novas camadas de dificuldade para manter o interesse. Para além dos mais conhecidos, posso ainda sugerir-vos os Laser Pegs, que são conjuntos de construção (penso só ter visto de veículos, mas deixo o produto final à vossa imaginação), cheios de cores e que se iluminam!

Construção LASER PEGS PB2150B
Laser Pegs na Worten

Puzzles

São ótimos e há para várias idades e gostos. A minha filha já gosta de puzzles com muitas peças (vamos dizer com 80 ou 100 peças, para ser desafiante); juntando isso com temas de que ela goste, é fácil encontrar algum puzzle para ela. Atualmente encontram variedade alargada de temas e personagens, pelo que acredito que não seja difícil de encontrarem.

Se quiserem algo mais diferente do habitual puzzle retangular, recomendo os da Crocodile Creek, ou da Play for future, que podem encontrar facilmente em lojas como a Note! ou o Continente. Estes últimos são ótimos: são uma linha de puzzles da Clementoni fabricada integralmente a partir de matérias-primas recicladas para uma experiência de jogo 100% ecologicamente sustentável – e em termos de preço são igualmente competitivos.

Puzzle Play For Future (da Clementoni)

Podem ainda ver marcas como a Goula (encontram facilmente em várias lojas).

Jogos de desenvolvimento de motricidade e coordenação

Esta idade é ótima para treinarem a coordenação da mão – que já deve ter algum trabalho feito – e para manifestarem controlo sobre objetos. Um exemplo disso é passar bolas ou feijões (algum objeto mais “fugidio”) de um lugar para o outro. Também é interessante utilizarem não só a colher, mas a pinça e os pauzinhos, porque a dificuldade na utilização exige outra concentração e porque os objetos podem fugir para baixo (enquanto que na colher estão pousados :)). Jogos desse género são muito bons para esta idade e não se cingem apenas a esta faixa. Mesmo os adultos podem treinar estes exercícios.

Há alguns conjuntos, como este que eu comprei no AliExpress, que tornam a coisa mais bonita – têm cores apelativas, têm os cartões com figuras que as crianças facilmente reconhecem, etc.

Se procurarem por "Montessori Toys" no AliExpress, encontram muita diversidade de brinquedos - como estes! :)
Se procurarem por “Montessori Toys” no AliExpress, encontram muita diversidade de brinquedos – como estes! 🙂

Os jogos de atirar e colar, de fugir e saltar são fascinantes e também desenvolvem muito o espírito de equipa. A Ikea tem alguma gama interessante e que é acessível para as carteiras. Marcas como a Diset, a Sig Toys e a Headu têm jogos mais estruturados para os grupos – alguns são versões de jogos já bem conhecidos, mas adaptados para esta faixa etária. Lembro-me do Party & Co, que já muitos conhecem (é da Diset), que existe em várias variantes, incluindo uma infantil 🙂

Sabem o que é que também entra aqui? Os brinquedos de praia! Se estamos a falar de uma criança que gosta de praia, podem sempre pensar num conjunto de brinquedos para a areia (incluindo a mochila e, porque não, a toalha a condizer?). 😉

Jogos de memória

Nesta fase, os jogos de memória já não são tanto de fazer os pares e afins – coisas rápidas de resolver. Pedem mais dificuldade e mais diversão e jogos como o velhinho “Quem é quem?” que obrigam a fazer perguntas e a pensar um pouco na seuqência de eventos são muito bons para esta idade. Têm a vantagem de poderem ser jogados em família e de darem para várias idades!

Este jogo é do estilo “Quem é quem?”, e podem encontrá-lo nas lojas Continente

Ia sugerir-vos aqui um outro jogo, de relacionar faces com a origem (continente / país) que também é bom para começarem a utilizar por esta idade. Há a relação das faces humanas com a curiosidade do “De onde vem?” e “Qual a história por detrás destas pessoas?” – começam aqui, facilmente, a explorar temas de diferenças culturais e da riqueza dos povos. Já vi assim à venda em várias lojas, mas como não me recordo do nome, não consegui encontrar agora. Assim que encontre, venho aqui completar 😉

Livros da coleção “Jogos rápidos” – vi-os no Continente e na Note!, e há um de labirintos (tem imensos!), e outro para o STOP. Não são caros e até são bons para viagens 😉

Aprender as horas

A rotina nesta idade já é algo que vai estando interiorizado, por isso podemos a começar a ensinar as horas. Também já vão sabendo os números e a ordem dos mesmos, pelo que, com um relógio que tenha os números e/ou as tarefas ao longo do dia, ajudará a compreender estes conceitos mais abstratos de horários.

relógio aprender as horas
Este é de um site alemão, mas há vários modelos em alguns hipermercados – mais ou menos detalhados -, alguns até com calendário 🙂

Pés de dinossauro

Não sei bem se é assim que isto se chama, mas é o que a minha filha diz que tem na escola – e até acho que o nome é adequado, embora nem sempre sejam exatamente pés de dinossauro. Refiro-me a estas “mini andas” para criança:

Estas encontrei no Dott, mas na verdade até conseguem fazer semelhante em casa se não quiserem comprar. Basta terem um par de latas de tinta vazias e corda para agarrar.

Trotinete

Esta foi das melhores prendas que a nossa filha recebeu – simplesmente porque adora andar de trotinete! Recebeu como prenda de Natal no ano passado, depois de o pediatra já nos ter sugerido dar-he nos anos (não foi a tempo =P).

Conseguem a bom preço – nós comprámos no Continente por cerca de €20, é simples mas para ela funciona bem.

Podem ainda avançar para a “prima” bicicleta, se bem que aí devem ter em consideração a altura da criança.

Livros

Eu sei que sugiro sempre livros; às vezes a dificuldade está em escolher livros adequados à idade e que sejam interessantes. Aqui consigo ajudar-vos, porque é algo que pesquiso imenso, já andei a ver o Plano Nacional de Leitura de trás para a frente e a procurar para além do PNL, por isso tenho algumas ideias que podem ser giras. Deixo apenas o aviso que não tenho estes livros todos, por isso algumas das opiniões são do que vi sobre eles e de comentários de pessoas que os têm 🙂

“Atividades no país imaginário”, da Edicare. É um livro de mini histórias fantásticas com atividades criativas.

“Animalium”, também da Edicare.
É sobre a evolução de mais de 150 espécies animais ao longo do tempo, com imensas ilustrações. Pode ser utilizado ao longo de vários anos, à medida que o conhecimento ficando mais composto e estruturado.
Atlas de Curiosidades
“Atlas de curiosidades” da Nuvem de Letras. Este livro estimula a curiosidade dos pequenos (e acompanha-os durante alguns anos), com informações sobre o que existe no mundo. Tudo acompanhado por imagens apelativas.
Wook.pt - A voz não é para gritar
A voz não é para gritar”, da Porto Editora. Um livro que aborda o que sentimos quando gritamos, quando devemos usar cada uma das nossas vozes – um pequeno guia que também pode ser útil para os pais. 😉

Estas são as sugestões que deixo para já, mas aconselho-vos a passarem os olhos pela secção dedicada ao PNL das livrarias (deixo aqui o exemplo da Wook) e verem o que por lá. Conhecendo as crianças, poderão escolher livros mais direcionados para as emoções, para curiosidades, para temas que lhes interessam ou para temas novos (por exemplo, artes!).

Caixas temáticas (com ou sem subscrição)

Neste ramo já há várias marcas portuguesas a operar – e bem.

São pequenas empresas (muitas vezes são compostas por um par de pessoas que faz tudo na sua casa, incluindo colocar tudo nas caixas com o maior carinho possível!). Sugiro, então, que explorem a Boxsori (de que já falei aqui, com conhecimento de causa ;)) e a Okapi Box. Também a Flying Teapot faz tem, às vezes, caixas mistério, mas creio só estarem acessíveis pelo grupo no facebook (o grupo é tranquilo e não é muito barulhento ;)).

One thought on “Sugestões de prendas para crianças de 4 anos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s