Tudo sobre a introdução da alimentação ao bebé

Olá a todos!

Cá em casa estamos a introduzir as primeiras sopas à Pipoca mais nova. Ainda temos em mente o que fizemos com a irmã, por isso já vamos com mais confiança.

Introduzir sopa na alimentação do bebé pode ser uma verdadeira aventura, para a qual nem sempre saberemos como nos preparar. Diria que é algo mais simples do que parece e que, com um fato de apicultor (como disse uma amiga minha), colheres pequenas e bastante paciência, tudo se resolve! 

É um passo essencial no crescimento, que vai acontecer ali algures entre os 4 e os 6 meses, dependendo se a criança está a leite materno exclusivamente, se tem também (ou só) suplemento, do desenvolvimento muscular da zona cervical e ainda da ida para o infantário. Tudo isto a ser visto, está claro, com o pediatra.

Ingredientes das primeiras sopas

O nosso pediatra deu-nos uma lista com ingredientes e modo de preparação. No centro de saúde também nos deram um manual bastante completo. Nesta fase é tudo muito simples.

As sopas são normalmente compostas por ingredientes de grupos*:

  1. Os verdes: alface, brócolo, couve coração
  2. Os laranjas: cenoura, abóbora
  3. Os neutros: batata, batata-doce, chuchu, curgete, couve-flor
  4. Os sabores fortes: cebola, alho-francês, alho
* Os nomes fomos nós que demos para ser mais fácil a relação, quando tivemos a nossa primeira experiência.

Com estes ingredientes já conseguem fazer imensas combinações. A recomendação é começar com um creme de cenoura ou de abóbora, que são mais doces e simpáticos.

É importante ainda mencionar que a sopa não deve ter sal e que o azeite é adicionado no fim da cozedura, em cru. O azeite é ótimo para o sistema nervoso central e para o sistema imunitário do bebé; cozido não mantém tantas propriedades.

A consistência

Nas primeiras sopas, façam uma mistura com uma consistência um mais líquida. Lembrem-se que o vosso bebé está habituado a líquidos apenas. 😉 Há medida que se for habituando, vão fazendo sopas mais cremosas para que se adapte a texturas mais grossas.

Cada sopa dura 3 dias no frigorífico, mas podem congelar porções individuais. Eu faço bastante isso, até porque dá jeito para quando não temos mais nada para comer. Como nesta fase (leiam, nos primeiros dias) a minha filha ainda vai comer pouca sopa de cada vez, faço pouca quantidade e mesmo assim sobra para congelar. Congelo em boiões com a data e indicação dos ingredientes (se achar necessário), para ter tudo organizado. A cada 2 ou 3 dias mudo de receita da sopa para introduzir novos ingredientes. Também organizo logo sacos (zip) com as porções para as sopas. Desta forma, no dia, é só aquecer a água e virar o saco com os ingredientes de uma sopa para lá!

Para já, como ela só tem 4 meses, ainda não vamos introduzir muito mais nas sopas para além desta lista, porque iremos começar com as frutas nos próximos dias. No entanto, a regra é simples: a cada 3 dias, novo ingrediente. Não convém darem menos tempo de intervalo porque há reações que demoram 48h a 72h a manifestarem-se e assim estão com tudo controlado.

Relativamente à fruta, vamos começar, como em tudo, com as básicas: banana, pêra cozida e maçã cozida. Primeiro, uma de cada vez e, depois, combinações de frutas. Para já não iremos começar com as papas, mas quando ela já estiver no infantário adicionaremos. Na altura escreverei as recomendações sobre isso! 🙂

Se os vossos pimpolhos forem irrequietos ou tiverem estranheza a muita coisa, podem começar por colocá-los na cadeira da papa para se irem habituando. 😉

One thought on “Tudo sobre a introdução da alimentação ao bebé

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s