Consulta dos 12 meses

A nossa pipoquinha faz 1 ano daqui a uns dias e por isso fomos na terça à consulta dos 12 meses no pediatra.

Foi provavelmente a consulta em que estivemos mais descansados e com menos dúvidas. Talvez seja pelo facto de serem mais questões relativas ao desenvolvimento do que propriamente relativas à alimentação e afins, e que conseguem ser mais práticas e visíveis do que as restantes.

A verdade é que correu tudo bem e a pequena cresce mesmo a olhos vistos 😉

Alimentação

Sobre a alimentação, uma vez que ela já mastiga bem e come imensa coisa, chegou a altura de a pôr a comer mais como nós – de forma saudável, claro!

Já não há alimentos proibidos, por isso vamos aproveitar para experimentar coisas novas nas próximas semanas. A refeição dela – principalmente à noite – passa a ser mais composta por sólidos. Já o temos feito ao almoço (no infantário já vão tendo esse cuidado) ao fim-de-semana, enquanto que ao jantar focávamos mais na sopa. Agora ao jantar podemos também dar algo mais sólido (já fazíamos às vezes, mas não todos os dias).

Vai ser ainda importante variar o que lhe damos: no prato queremos ter proteína, hidratos e vegetais (sejam cozidos ou crus), mas não queremos cair sempre no mesmo menu. Felizmente com a abertura a todos os alimentos até é fácil variar nem que seja parte do prato apenas.

Deixa de beber o leite 2 (atualmente está com o NAN 2 HA ou Confort) e passa para o leite 4 (vamos manter o NAN).

Locomoção

Outro aspeto focado na consulta foi o da locomoção. A pequena não gatinha; quando está de barriga para baixo, arrasta-se e faz 360º com agilidade, mas gatinhar não é com ela. Sentada, arrasta-se para tudo quanto é sítio. Vai-se lá perceber 😉

Agora, o que ela gosta mesmo é de estar de pé. É uma canseira desgraçada para nós (acredito que também seja um esforço grande para ela, por isso talvez conte como ginásio em família!).

Faz um esforço enorme para se levantar, mas já o consegue fazer várias vezes, e depois quer estar em pé e tentar andar para tudo quanto é lado. De vez em quando, pômo-la na aranha uns minutos e lá vai ela toda feliz e contente de um lado para o outro. Como a nossa casa é cheia de recantos, não é muito fácil para ela acompanhar-nos pela casa, mas faz-se o que se consegue 😉

Calçado

Ainda relacionado com o tema acima, uma das questões que tínhamos era que calçado lhe comprar, agora que ela começa a andar. A resposta era simples (e nós já a imaginávamos): calçado com sola rígida, mas flexível. Como recomendação para ajudar, temos o calçado da Chicco e da Geox.

Uma coisa que reparei é que, como a nossa filhota é pequena, ainda calça o 17 e deste tamanho realmente também não há grandes opções. Quando ela crescer já tem mais por onde escolher. A parte boa? Bastam uns meses para passar para o tamanho seguinte 😉

As birras

Estivemos a falar um pouco sobre o comportamento e como lidar com algumas situações. É tudo muito dado à ponderação de cada um, obviamente, mas no nosso entender – e estamos em linha com as recomendações do pediatra – que é saber reagir às situações com a calma necessária, mostrando o respeito que deve haver.

Lógico será que quando a pequena resolver berrar no meio do Continente, a minha vontade vai ser mandá-la para o meio das sardinhas e dos salmões na peixaria, para ver se relaxa. No entanto, vou repetir mentalmente o mantra do “a minha filha vai-se calar e vai aprender… e eu também”. Se for preciso, vou à zona das frutas e legumes e olho para todas as coisas bonitas que lá há, repito o mantra, e volto a dizer-lhe, calmamente, que não pode levar aquele boneco porque já tem muitos em casa.

A minha única esperança é que continue a ser uma criança calma e me poupe de algumas destas situações, mas obviamente já sei que não funciona assim.

Esta parte comportamental está sempre sobre sob escrutínio impiedoso de muita alma superior que por aí anda. Eu só digo que vou fazer o meu melhor, porque a minha filha merece e já sei que nem sempre irá resultar, mas tenho que me esforçar. 🙂

 

Já ando a escrever um texto sobre ideias de presentes para bebés de 1 ano, por isso vou deixar essa parte de fora deste post 😉 Fiquem atentos!

~a

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s