“Aproveita para dormir quando ela dormir” ou “Não lhe dês tanto colo”

Deve ser das coisas que mais me dizem desde que tive a bebé, e no entanto a que menos consigo fazer.

Felizmente, a nossa pequenota tem noites tranquilas desde o início e sempre dormiu mais neste turno do que de dia. Em boa verdade, de dia dorme pouco e só aos 3 meses começou a dormir um pouco mais.

Não consigo dormir de dia, porque ela pouco dorme. De noite, só este mês é que a deixamos fazer a noite inteira; antes tínhamos que fazer as refeições dela de 4 em 4 horas e de 5 em 5 horas, o que significa que, nos máximo e correr bem, entre os dois biberões da noite conseguia dormir umas 3 horas.*

Esta obrigação de acordar constantemente fazia com que quer eu, quer o papá, ficássemos com défice de sono. Às páginas tantas, já não sabíamos quanto é que ela tinha mamado, ou se tinha mamado a horas x ou y.

Todos estes pedaços que nos tiram energia são desgastantes para o casal e para cada um dos indivíduos. Por isso, por mais custoso que tenha sido, sinto-me feliz por, pelo menos, a bebé “vir ensinada” para dormir mais à noite.

Durante o dia, o mais comum é só dormir ao colo, apesar de agora já estar a habituar-se a adormecer na cama, o que é ótimo. Os profissionais que nos têm acompanhado todos nos dizem que podemos dar colo nesta fase, e que os bebés vão-se tornando mais independentes aos poucos. Para já parece ser tudo verdade.

Algo que nos ajudou, foi o sling, porque podemos andar com ela “ao colo” (carregada, digamos) e ao mesmo tempo não nos cansarmos tanto. Num outro post falarei mais sobre isto, mas para já posso atestar (e o pai também) que como técnica para adormecer e acalmar, carregá-la ajuda bastante.

*Nota: o tempo de intervalo começa a contar no início da refeição. Por exemplo, para intervalos de 4 horas, se começou a mamar às 00h, a seguinte será às 4h.

2 thoughts on ““Aproveita para dormir quando ela dormir” ou “Não lhe dês tanto colo”

  1. Excelente partilha Alda! Infelizmente as pessoas por vezes não medem o que dizem aos recém papas. Quando o G era bebe e estava com cólicas (algo que incomoda muito as pessoas que estão a nossa volta, mas incomoda ainda mais o bebe), chegaram a dizer-me que o problema era meu. O bebe chorava porque o meu leite não era bom, ou o meu leite tinha lactose (wtf!!) ou era eu que por não comer carne estava a matar o meu filho à fome. ENFIM.. Para mim, mais importante nessa fase é ouvires os teus instintos porque eles falam mais alto e dizem-te o que é melhor para o teu bebe. 😘

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s