A vacinação é um direito primário

Li recentemente uma entrevista de Francisco George, em que dizia que “não vacinar os filhos é como inflingir maus-tratos”.

No nosso país ainda não conheci ninguém que fosse contra a vacinação. Somos um país simples, “de brandos costumes”, e em que normas sociais muitas vezes prevalecem. Vacinar é muito mais do que isso. A vacinação é uma instituição, por si.

O meu dever como mãe é prover tudo o que a minha filha necessite para crescer bem e saudável, em segurança. Isto passa muito pela saúde dela. Ao vaciná-la, estou a dotá-la de defesas que, esperando que até nem sejam necessárias em muitos casos, vão dar independência ao sistema imunitário dela para lutar contra viroses e infeções.

Não vacinar, põe em risco não apenas a minha filha como toda a comunidade em que se insere, começando por nós, os pais.

Quando falo aqui de vacinação, estou até apenas a falar do Plano Nacional de Vacinação. É o mínimo que podemos fazer pelos nossos filhos e, ainda por cima, é gratuito. Não há desculpas.

Tudo isto me lembra o meu parto. Quandoa bebé já estava fora, o obstetra perguntou ao papá se ele queria cortar o cordão umbilical. Ele disse que não, e uma das enfermeiras (de forma simpática, sempre) disse que podia fazê-lo, porque era a primeira ligação do pai à criança.

O meu obstetra riu-se e disse que não faz sentido nenhum; ao que veio acima a questão dos partos “natura”. A frase dele foi “Sabe quando é que se faziam partos assim? Olhe, na Idade Média… e depois morriam as mães e as crianças porque apanhavam infeções no parto”. Com a vacinação é parecido.

Nós, para além das vacinas do PNV, optámos por ainda dar a Rotateq (Rotavírus) e a Bexsero (Meningite B). É um esforço financeiro, mas é outro descanso que temos. Prefiro mil vezes ficar mais apertada durante uns meses porque comprei vacinas e ela nunca adoecer, do que ficar em risco de vida (no caso da meningite é mesmo assim) porque eu achei que as vacinas são obra do demo.

Long live Science.

 

~a

One thought on “A vacinação é um direito primário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s