Um fim-de-semana em cheio

Neste fim-de-semana, o pai esteve de folga, então aproveitamos para fazermos algumas atividades com a Pipoca mais velha. 😊

No sábado de manhã fomos ao atelier de primeiras pinturas na Clarabóia. Foi a primeira vez que lá fomos e, como a Pipoca adora pintar, pareceu-nos boa ideia. Não desapontou! 😍

Foi uma hora que começou por quebrar um pouco o gelo com uns autocolantes e lápis de verão, para depois passarmos para a bodega colorida (digo “bodega” num bom sentido, claro!) 😁 Difícil foi vir embora, depois de tanta pintura na mesa e na parede!

Como normalmente estas atividades em casa são feitas comigo, aproveitámos a folga do pai para dar continuidade às pinturas em casa, à tarde. Ambos se divertiram 😁

Quando recebi a programação da Clarabóia pata Julho, aproveitei para também inscrever a Pipoca no atelier de barro, que foi no domingo. Não tinha muitas dúvidas sobre o sucesso do atelier de sábado, mas, sabendo que a plasticina não é o material favorito da Pipoca, estava com mais dúvidas sobre o de domingo.

Mas fomos sem reservas, porque é bom dar-lhe coisas novas a experimentar e a Catarina, da Claraboia, é muito cuidadosa e atenciosa. Também está habituada a lidar com crianças, por isso sabe como ir pondo novos elementos à mercê da exploração dos pequenos artistas para cativar até os mais tímidos!

Assim, começámos por explorar um pouco o barro, e a Pipoca foi tocando um pouco com a ponta dos dedos, mas sem grande convicção. Depois vieram uns paus e conchas e ela lá foi mexendo. A seguir veio a tina com água e um pincel. Aqui está a palavra mágica: pincel. Nunca mais o largou e pintou tudo com água barrenta enquanto me via a moldar. Ainda vieram uns blocos e uns animais de brincar, que ela pegou mexeu, mas ela gostou mais do pincel. É a cena dela 😁

Se têm miúdos e moram pelo Porto e arredores, aconselho-vos a subscreverem a Newsletter e experimentarem os ateliers ou até os cursos regulares da Catarina. 🙂

Os pais também saem

Desfaça-se aqui o mito de que os pais de bebés não podem sair à noite!

Ainda no sábado, mas à noite, fomos os dois dar um passeio pelo Porto num autocarro antigo, organizado pelo Clube de Viação Clássica.

Andámos num Volvo laranja (fotos acima) e numa Toyota Dyna (ainda não tirei as fotos do cartão da máquina :)), ambos completamente restaurados para o seu original ❤️

O passeio começou na Praça da Liberdade, onde os participantes foram divididos em 3 grupos, para que todos pudessem andar nos dois veículos. Fomos da Baixa ao Marquês (onde parámos para umas fotos), depois descemos a Rua da Boavista toda, seguida da Avenida da Boavista, até à Foz. Após nova paragem para umas fotos, seguimos pela Avenida Brasil até à Ribeira, passámos para Gaia pela ponte Luís I, e subimos General Torres até à Avenida da República. Parámos juntos ao Jardim do Morro (mais umas fotos 😊) e regressámos à base.

Soube pela vida fazer o passeio e ainda deu para reencontrar um colega da faculdade (uns 10 anos depois!) e pôr a conversa em dia com um amigo que faz parte do Clube de Viação Clássica. Aprendemos sobre a história dos veículos do passeio e sobre como o Clube trabalha. Muito giro! Recomendo! 🙂

O fim-de-semana terminou com o almoço e tarde bem passada com um casal amigo 😉 E o vosso, como foi?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s