Presentes para crianças de 2 anos

O 2º aniversário da minha filha está à porta e deixou-me a pensar em quais serão os melhores presentes para uma criança desta idade. Para conseguir chegar a algumas conclusões, percebi que tinha que relembrar quais as ações que estas crianças conseguem desempenhar e em que ponto está todo o seu desenvolvimento.

Vamos então pensar nisso.

A imaginação da das crianças levanta vôo por volta desta idade. Começa a ter preferências por personagens, a brincar com narrativa (apesar de não verbal) e pode começar a desenvolver o sentimento de medo de monstros fictícios e de contos de fadas.

Com esta idade, pode já ser capaz de falar claramente ou então está no processo de aprendizagem da fala – o importante é sabermos que é um momento em que o vocabulário aumentará exponencialmente.

Já consegue subir escadas, pedalar um triciclo (pode estar a aprender e ainda não pedalar, mas já percebe como se movimentar nele) e algumas crianças conseguem até saltar um ou dois passos.

A motricidade fina, própria de movimentos como abrir caixas ou montar peças, também está já bastante desenvolvida. Portanto, consegue encaixar e desencaixar peças de várias formas – consegue também identificar essas mesmas formas, cores e tamanhos. (Se ainda não conseguem, não se preocupem! Para lá caminha :))

Nesta altura, é normal que já tenha desenvolvido competências sociais e emocionais; é comum terem maior afeição por determinados brinquedos e amigos com quem preferem brincar.

O que é que queremos estimular?

Queremos escolher, nesta fase, brinquedos que permitam à criança continuar a desenvolver habilidades motoras cognitivas e finas. Devem ser estimulantes – através da novidade, de sons, de aprendizagens novas.

A motivação da criança de 2 anos – ou bebé, como preferirem 🙂 – divide-se entre a vontade de ser independente e de ter atenção e ajuda dos pais. Dando-lhe brinquedos que forneçam uma maneira de canalizar essas duas energias passa por lhe mostrar brinquedos coloridos e interessantes que estimulem a sua curiosidade.

Há vários no mercado, pelo que aqui só vos deixo algumas ideias 🙂

 

  1. Blocos de construções: para além dos Lego, temos ainda blocos de madeira de várias formas e cores que permitem trabalhar a identificação de formas e cores, claro, mas também a habilidade da construção, empilhando as peças, e a coordenação.
    playing child childhood toy
    Photo by Markus Spiske temporausch.com on Pexels.com

     

  2. Carros, carrinhos, comboios… pistas! Vi há dias no Ikea a pista de comboio de madeira – é ótima para a coordenação de peças (tal como na sugestão acima) e tem o bónus de ter mais peças (o comboio, a ponte, etc) para adornar. Como esta há muitas outras, mas foi a primeira que encontrei 🙂  lillabo-comboio
  3. Quadros mágicos, quadros de giz / marcador / papel: São óptimos para estimular a criatividade e pô-los a perceber como funcionam diferentes materiais (no caso dos quadros de papel, principalmente). O modelo grande abaixo é o do IKEA e tem quadro de giz de um lado e de marcadores do outro, e o pequeno, mais portátil, é da Amor em Papel
  4. Para completar o material necessário para as veia artística saltar cá para fora, sugiro que arranjem um avental (de preferência daqueles com mangas, mas fica ao vosso critério) que possam lavar. Têm no IKEA, por exemplo, ou se preferirem algo mesmo tipo avental, têm giríssimos na Bebunxi.
  5. Não há hora das artes sem tintas à mistura, certo? 🙂 Cá em casa utilizamos materiais Giotto Bé-bé – não são tóxicos, são fáceis de utilizar pelos pequenotes (os lápis, por exemplo, são grossos para que possam pegar com facilidade), são resistentes – MARAVILHA – são laváveis!!! 🙂 Outras marcas, como a Bic, também têm materiais assim, mas mais adaptados a mãos maiores 😉 De toda a forma, também os recomendo! Aqui, vale de tudo: guaches (se quiserem lavar, escolham à base de água!), tintas acrílicas laváveis, lápis de cera, lápis de composto de grafite, aguarela, etc. Arranjem materiais sobre os quais pintar e têm diversão para horas! giotoo
  6. Frutas, vegetais e louças de brincar: São como os objetos verdadeiros e podem ser separados, descascados e fatiados.Por que os especialistas recomendam isso:Ajudará a criança a melhorar suas habilidades imaginativas e a criar novos jogos. Ela construirá suas habilidades motoras e permitirá que ela jogue jogos de interpretação que imitam suas ações na cozinha. Têm boas ideias no Continente (algumas imagens abaixo) e no IKEA.

     

  7. Jogos de letras e números: nesta idade, com o desenvolvimento da fala, a criança já começam a ter interesse pelas letras e números, uma vez que os começa a compreender. Incentivá-las a identificar passa também por jogos didáticos. Há conjuntos de letras e números à venda a preços simpáticos até em lojas dos chineses. Podem depois brincar a formar palavras, mas no princípio trata-se de a pôr em contacto com as letras. Se tiverem algum sítio magnético (pode ser o frigorífico) podem também arranjar ímanes. (o exemplo abaixo é de letras em madeira do site Ideiaspresentes.com)letras
  8. Livros são sempre uma boa ideia. Para esta idade, têm livros com contos por imagens e texto a acompanhar, livros com puzzles, livros em que podem ir colorindo a história… É só escolherem! Pessoalmente, gosto de procurar na Wook e na Fnac, porque têm uma gama extensa. Algumas ideias: “A lagartinha muito comilona”, os livros do Quico, os livros do Grud-grud (estes só encontrei em sites brasileiros, mas são super giros).
  9. Ainda dentro dos livros, podem procurar subscrições ou serviços mais à medida dos vossos pequenos. Um bom exemplo é a BookBag, um serviço que consiste no envio de livros infantis, selecionados por profissionais, de forma sistemática (se quiserem, podem fazer subscrição mensal, trimestral ou semestral). A grande vantagem, para além da comodidade, é que os livros que vos chegam são adequados às etapas dos mais pequenos. Pesquisem, que vale a pena 😉bookbag
  10. Triciclos e afins: Se há coisa que a minha filha adora é brincar no exterior. No infantário dela há alguns triciclos, uns com pedais e outros sem. Nos sem pedais já anda super à vontade; nos outros ela ainda não chega bem aos pedais (chega, mas não dá a volta), mas anda com os pés no chão. Assim, fica a dica 😉 -Há para vários gostos e feitios – nós já andamos em negociações com uma das avós para oferecer um mix dos dois abaixo: com pedais, e com a pega para segurar (ou empurrar, dependendo do que for preciso ;)). Falando em brinquedos de exterior, quem tiver a possibilidade, pode ainda apostar num pequeno escorrega e outros baloiços, e, claro, bolas para chutar 😉

     

  11. Na mesma onda dos brinquedos que imitam o que fazemos, há também imensos que ajudam a entrar na onda das várias profissões. Têm até de personagens animadas que os pequenotes gostam de ver na tv e livros, como a Doutora Brinquedos, o Bob o construtor, o Chef Momento, etc. Aproveitem que eles gostam de imitar os adultos para lhes mostrarem acessórios de algumas profissões. Com pouco, faz-se um brilharete!
  12. Experiências criativas e dinâmicas: é importante, em qualquer idade, mantermo-nos ativos e fazermos atividades fora da nossa rotina. Há várias entidades que organizam ateliers de temas diversos, pelo que vos deixo aqui algumas delas 🙂
    1. Casa da Música (Porto): procurem pelos Primeiros Concertos ou pelas Primeiras Oficinas
    2. Clarabóia (Porto)
    3. Canela com Abacate (Lisboa)
    4. Pony Club do Porto (Porto): Podem até lá fazer as festas de anos dos vossos piolhos 🙂
  13. Jogos que estimulem a coordenação fina: lembram-se de um jogo que havia quando éramos miúdos, de uma caixinha com peixes que tinham ímanes na boca e nós tínhamos que os pescar com uma cana pequenina? Encontrei uma versão desse jogo bem fofa na Botica Naif (foto abaixo). Também há outras lojas com opções muito interessantes, como o Salomé Oliveira – Atelier (vejam o dominó abaixo) e a Flying Teapot 🙂
  14. Bonecos (e bonecas): Quando vivemos na era das LOLs e dos Nenucos que nascem a saber fazer tudo, tento encontrar outro tipo de bonecos. A minha filha não é particularmente fã de bonecos, exceto animais (e o Mickey, em particular). Assim, é muito mais interessante poder dar-lhe algo diferente dessas grandes licenças comerciais. Sugiro as Laly da Pontinhos4U (foto da Laly Bunny abaixo :)) e da Knuffel (foto da Alice The Elephant abaixo).
  15. Roupas e acessórios: Não seria a minha primeira opção, mas quem tiver meninas (ou meninos!) pode escolher pulseiras e outros itens giros em lojas como a Linhas e Pontos (têm aqui um álbum inteiro de ideias para as pipoquinhas) ou roupas da Passione Baby & Kids ou da Piki Baby (para fugir um pouco às lojas mais comuns) 🙂 Para os mais pequenos que sonham e ser super-heróis, a Miss Castelinhos dá uma ajuda com uma tshirt com capa de super-herói (que sai, para que a sua identidade secreta não fique comprometida!).tshirt-capa-super-heroi
  16. Mealheiro: É de mim ou hoje em dia já não se incute o valor das coisas aos miúdos? Não estou a dizer para lhes pagarem por tarefas, mas podem sempre ensinar-lhes que estão a fazer uma poupança para eles (até porque daí a uns anos vem a fase da fada dos dentes, se quiserem ir por aí ;)). E aproveitando que às vezes os avós dão eurinhos para os pais comprarem o que precisam para os pequenos, podem aproveitar para lhes dar um mealheiro giro. Já vi personalizáveis em algumas páginas, como a Be Epic, onde encontrarão algo mais à medida do que numa superfície comercial mais comum 🙂
  17. Vamos à praia? Se o aniversário for no verão, podem sempre dar algo para a praia: uma toalha gira, brinquedos para a areia e para a água ou até um fato-de-banho giro com a personagem favorita da criança. 🙂
  18. O aniversário é no inverno? Não faz mal! Há capas de chuva originais e com guarda-chuva a combinar em lojas como a Kiabi, Vertbaudet e Pisamonas. Não encontrei para vos mostrar porque só estão online as coleções de verão 😉 mas com a mudança da estação vão encontrar de certeza!
  19. Hora da refeição! Por esta altura, a maioria dos pais já tem um conjunto de refeição para os mais pequenos, mas a Ufalufa tem uns individuais originais para tornar a hora da refeição ainda mais feliz! Podem pintar neles e depois lavá-los! 😉 ufalufa
  20. Lembrança para o quarto: é comum as pessoas mais chegadas, como os padrinhos, ou avós, quererem oferecer uma peça que fique como decoração, mas também como lembrança do amor que os une. Há imensos sítios onde encomendar, difícil muitas vezes é fugir das peças muito ligadas ao batizado ou comunhões (e eu, não sendo católica, fujo de tudo quanto tenha cruzes e coisas que tal). Acho os anjos papudinhos e estrelas muito giras. Encontrei dos primeiros na loja As Gotinhas do Mateus (que tem mais coisas, claro!), por isso deixo-vos a recomendação. Pode não ser um brinquedo para eles usarem, mas mais tarde saberão o significado.anjo-do-abraço.png

Estas são as 20 sugestões para crianças com 2 anos para que nada vos falhe e consigam dar algo útil e original, que os mais pequenos vão adorar – e os pais agradecer. Fugi de coisas mais óbvias como a roupa casual (as lojas que vos sugiro têm coisas realmente mais giras ;)) e cheques-prenda, porque essas coisas encontram em qualquer centro comercial 🙂

Espero que vos sejam úteis!

2 thoughts on “Presentes para crianças de 2 anos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s