Sobrevivemos ao primeiro dia no infantário

Sobrevivemos ao primeiro dia de infantário da nossa filha.

Ainda temos o coração apertado, mas resistimos a ligar para lá de 30 em 30 minutos e a corrermos para lá 1 hora depois de a termos deixado.

Ela ficou lá bem disposta, como é seu apanágio, mas já sabíamos que ia ser sol de pouca dura.

Custa-me saber que há mudanças drásticas dentro desta grande mudança drástica, como por exemplo só comer de 4 em 4 horas, quando ela ainda faz as 3 horas e vai com sorte…

Depois de o pai à ir buscar, ela andou chocha durante um par de horas até que lá arrebitou um bocadinho. Tinha lá bebido um biberão pelas 15h30 e até agora, que são quase 23h, comeu meia banana. Num dia normal já teriam ido 2 biberões, para além da banana.

É melhor não pensar nisto, não é? Mas para nós é contranatura porque deixamos um pedaço de nós e não controlamos nada, nem sequer passivamente, sobre o que se passa naquelas horas.

Amanhã é um novo dia e lá a vamos levar novamente de manhã. Suspeito que vou lá chegar e vou fazer várias perguntas às auxiliares e não vou ter resposta. Aguenta, coração!

 

~a

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s